Quarta-feira, 17 de abril de 2024
O melhor da notícia ao alcance de suas mãos
informe o texto

Notícias || Política

Presidente do TCE desafia Kalil para que resolva o problema de água em VG

Mesmo elogiando a gestão do prefeito, o conselheiro do TCE garantiu que vai cobrar que Kalil estabeleça um prazo para universalizar a água na cidade industrial

Presidente do TCE desafia Kalil para que resolva o problema de água em VG

Foto: TCE-MT

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE) Sérgio Ricardo, reconhece os avanços que o prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) conseguiu no município, mas desafia o gestor a estipular uma data para univerzalizar a distribuição de água na cidade industrial.

Para ele, é necessário que o chefe do Executivo Municipal esestabeleça um prazo para a sociedade.  

“Quero fazer o desafio para que ele [Kalil] determine dia, data e hora para universalizar a água em Várzea Grande, para que a água chegue tratada em todas as torneiras da casa, da melhor casa até a casa mais humilde, onde tiver uma torneira que chegue a água para a população da Várzea Grande. Fica aqui o desafio”, disse o presidente durante a inauguração da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Pari, que ocorreu no último sábado (24).
 
O problema da falta de água em Várzea Grande é antigo e foi um dos principais motes da campanha de Kalil em 2020. Na época, o prefeito fez o compromisso de resolver em 90% a 95% da distribuição de água em todo o município.
 
Durante a inauguração da ETA do Pari, localizada na região do Chapéu do Sol, Kalil conversou com a imprensa e garantiu que até o final do ano, quando encerra o seu primeiro mandato frente ao Paço Couto Magalhães, irá solucionar em até 95% dos problemas de abastecimento de água no município. 

De acordo com o gestor, essa promessa será cumprida em maio com a inauguração da Estação de Tratamento de Água (ETA) da Imigrantes.
 
ETA do Pari
 
Inaugurada no sábado, a ETA do Pari começou a ser construída em setembro de 2022 e teve um investimento total de R$ 38 milhões, sendo R$ 26 milhões do Governo Estadual e R$ 12 milhões da Prefeitura de Várzea Grande.
 
A ETA tem capacidade para tratar 250 litros de água por segundo e 21,6 milhões de litros por dia, atendendo diretamente bairros da região norte e da região oeste.





Leiagora
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet