Segunda-feira, 27 de maio de 2024
O melhor da notícia ao alcance de suas mãos
informe o texto

Notícias || Polícia

Companheiro havia estrangulado mulher meses atrás e a matou na segunda

Companheiro havia estrangulado mulher meses atrás e a matou na segunda

Foto: Reprodução

Um vídeo divulgado nesta terça-feira (16) mostra Leidiane Ferro da Silva, 43, sendo estrangulada até perder a consciência e ameaçada com uma faca pelo noivo, Wendel Santos, 37. O registro da câmera de segurança mostra que a violência ocorreu no dia 1º de fevereiro, meses antes do homem assassinar a companheira no mesmo local do crime. Ele segue foragido.

Leidiane foi morta na segunda-feira (15) por Wendel a facadas na cozinha da residência, no município de Peixoto de Azevedo (700 km de Cuiabá). O feminicídio também foi registrado pelas câmeras. Os dois conversavam quando em determinado momento Wendel busca uma faca e desfere os golpes na companheira. Ela correu para dentro de casa na tentativa de fugir do ataque, mas sem sucesso.

Nas novas imagens divulgadas, Wendel aplica um golpe conhecido como "mata-leão" até Leidiane perder os sentidos e a joga no chão. Em seguida, o agressor vai até a cozinha e pega uma faca para ameaçar a mulher novamente.

O caso ganhou grande repercussão e comoção nas redes sociais devido à frieza do assassino e da brutalidade no crime.

No Instagram, a deputada estadual Janaína Riva (MDB) divulgou imagens do foragido e fez apelo pelo controle da violência contra a mulher no estado. Ela convoca os seguidores para caso tenham informações do paradeiro do feminicida denunciem à polícia.

Até o momento o suspeito segue foragido e é procurado pela polícia. 



Gazeta Digital
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet