Quarta-feira, 17 de abril de 2024
O melhor da notícia ao alcance de suas mãos
informe o texto

Notícias || Cidades

Mato Grosso fica fora da lista de estados que vão receber vacina contra dengue

Conforme o último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), houveram 254 casos confirmados da doença em MT

Mato Grosso fica fora da lista de estados que vão receber vacina contra dengue

Foto: Takeda/Divulgação

Mato Grosso ficou fora da lista dos 16 estados que receberão doses da vacina contra a dengue pelo sistema público de saúde. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (25).

Conforme o último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), houveram 254 casos confirmados da doença em Mato Grosso. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O boletim aponta que até o dia 16 de janeiro deste ano, a SES recebeu 671 notificações da doença, sendo que 549 foram tomados como prováveis e 254 confirmados. Felizmente, nenhum óbito foi registrado neste período.

Em 2023, porém, houveram 47.111 notificações, 28.513 casos prováveis, sendo que 26.342 foram confirmados. Durante o ano, 22 pessoas morrem devido à doença e há ainda outros cinco óbitos em investigação. Conforme a classificação da SES, existe alto risco de contaminação de dengue no estado, que teve incidência de casos maior/igual a 300 casos por 100 mil/habitantes.

A maioria dos casos registrado no Estado são do tipo 1.

No entanto, de acordo com o Ministério do Saúde, a escolha foi de municípios, seguindo os seguintes critérios:

• Municípios de grande porte (mais de 100 mil habitantes) com alta transmissão de dengue tipo 2;
• Maior número de casos em 2023 e 2024;
• Definição por Regiões de Saúde, abrangendo todas as regiões do país.

Além disso, o público-alvo da campanha são crianças e adolescentes, entre 10 e 14 anos, pois a faixa etária está dentro da recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e apresenta o maior índice de hospitalização, depois dos idosos.

A vacina

A vacina Qdenga (TAK-003) foi aprovada no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para a prevenção da dengue causada por qualquer um dos quatro sorotipos do vírus, para indivíduos de 4 a 60 anos de idade. O imunizante foi desenvolvido pelo laboratório japonês Takeda Pharma.

O Ministério da Saúde adquiriu 5,2 milhões de doses da vacina para 2024. Destas, 1.325.270 devem ser entregues até fevereiro deste ano, quando a população deve começar a ser imunizada. No total, 3,2 milhões de pessoas devem ser vacinas durante todo o ano. Para 2025, o Ministério planeja a contratação de 9 milhões de novas doses.

Confira a lista de estados que deverão receber a imunização, disponibilizada pelo sistema público de saúde:

- Acre - 11 cidades
- Amazonas - 12 cidades
- Bahia - 115 cidades
- Distrito Federal
- Espírito Santo - 20 cidades
- Goiás - 134 cidades
- Maranhão - 5 cidades
- Minas Gerais - 22 cidades
- Mato Grosso do Sul - 79 cidades
- Paraíba - 14 cidades
- Paraná - 30 cidades
- Rio de Janeiro - 14 cidades
- Rio Grande do Norte - 19 cidades
- Roraima - 10 cidades
- Santa Catarina - 13 cidades
- São Paulo - 11 cidades
- Tocantins - 14 cidades

A vacina também pode ser adquirida em algumas redes particulares. Cada dose custa em média R$ 350,00.




RepórterMT
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet