Quarta-feira, 17 de agosto de 2022
O melhor da notícia ao alcance de suas mãos
informe o texto

Notícias || Cidades

Mais de 120 veículos são roubados ou furtados por mês na Grande Cuiabá

Mais de 120 veículos são roubados ou furtados por mês na Grande Cuiabá

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Cuiabá e Várzea Grande registraram 126 furtos ou roubos de veículos por mês no primeiro semestre de 2022, conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT). Esse número equivale a quatro veículos roubados por dia.

De janeiro a junho deste ano, foram 759 registros dos dois crimes nos municípios. Ainda conforme o estado, 232 desses veículos foram recuperados.

No mesmo período do ano passado, houve 1.037 ocorrências. Já em 2020, 1.225 registros. Portanto, as quedas são de 26,8% e 15,34%, respectivamente.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) Gustavo Garcia, a polícia tenta encontrar os grupos criminosos que praticam esse tipo de crime.

"Nós não buscamos só reprimir os furtos e os roubos e as execuções dessas ações criminosas, mas nós buscamos identificar as organizações criminosas que estão por trás desses crimes e daí, tentamos prender aquele que coordena e também tirar deles o proveito do crime", disse.

Segundo a polícia, os veículos que são roubados ou furtados podem ser usados para diversos tipos de crimes.

"Eles são desmontados ilegalmente e abastece um mercado ilegal de peças usadas na região metropolitana. Alguns veículos têm as placas e identificadores adulterados para serem vendidos em sites especializados de vendas. Pessoas de boa fé muitas vezes acabam adquirindo produtos de roubo. Outros veículos são encaminhados para a fronteira e podem ser vendidos ou trocados por droga", disse o delegado.

Porta de casa
Em junho, o ajudante de marceneiro André Felipe teve a moto CB-300 furtada na porta de casa, no Bairro Praieiro, na capital.

“De madrugada, quando formos sair para trabalhar, a moto não estava mais lá. Fizemos o boletim de ocorrência no mesmo dia, mas não conseguimos recuperar o veículo”, contou ao g1.

Ele usava a moto para trabalhar.





Fonte:g1 MT
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet